Sobre

Melhorar é mudar; ser perfeito é mudar freqüentemente

Winston Churchill
detox-lovers-sobre-mim
sobre-mim

UM POUCO SOBRE MIM

Como surgiu a idéia deste blog

Olá, meu nome é Patrícia Ono, tenho 49 anos e há algum tempo resolvi que precisava cuidar melhor da minha saúde.

A minha vida inteira sofri com crises terríveis de enxaqueca além de muitos problemas digestivos.

Eu tomava analgésicos todos os dias pois sem isso, não conseguia fazer nada. Algumas crises eram tão fortes que, mesmo com analgésicos, eu tinha que ficar deitada no escuro em silêncio, para suportar. Era terrível. Eu não conseguia estudar, depois não conseguia trabalhar, chegava a faltar no trabalho porque simplesmente não tinha condições de levantar da cama, ou ouvir algum som.

Até que um dia, depois de uma semana de crisse de enxaqueca, minha mãe, resolveu falar comigo. Será que eu não tinha algum tipo de intolerância alimentar? Não seria o caso de fazer alguns testes? Ver se encontrava a causa daquilo tudo?

E aqui vou fazer um parênteses: minha mãe, mesmo que intuitivamente, sempre deu valor a uma alimentação mais equilibrada. Talvez seja a sua origem japonesa, a base da alimentação japonesa é bastante saudável. Muitos vegetais, muitos alimentos fermentados, muitos peixes e frutos do mar, muitas algas, os japoneses consomem muitas algas e elas são extremamente benéficas ao nosso organismo! E principalmente, muito chá verde.

Foi quando eu parei e pensei: claro! Não posso ficar a vida inteira à base de remédios, não é normal e tem que haver alguma solução. E comecei a buscar respostas tanto para minhas crises de enxaqueca quanto para meus problemas de digestão.

Eu gosto de entender tudo o que faço então passei a estudar muito sobre saúde e nutrição. E fui descobrindo a enorme importância que os alimentos exercem em nosso organismo, em nossa vida.

Antes disso nunca tinha me dado conta de como tudo está ligado ao que comemos, as nossas escolhas alimentares.

Eu sempre gostei de cozinhar e toda semana eu reunia amigos para experimentarem minhas criações culinárias. Essas reuniões sempre foram um sucesso.

Mas porque estou contando isso? Para mostrar como era a minha visão sobre a comida em geral. Eu sempre acreditei que comer era um ato de prazer, comer coisas gostosas, independente do seu valor nutricional (eu sequer pensava nisso!), era o que nos fazia mais felizes.

Claro que comer coisas gostosas, saborosas, traz sua dose de felicidade, mas se aquilo que comemos não estiver nos fazendo bem, essa felicidade vira um pesadelo. Era o que acontecia e eu, na época, não percebia.

Mas finalmente eu havia resolvido fazer algo benéfico a minha saúde.

Nessa época eu já trabalhava com uma empresa da área médica, saúde e nutrição. E comecei a buscar, nas referências que essa empresa, esses médicos usavam, meu material de estudo.

E fui testando o que funcionava ou não para mim.

Passei a escolher melhor meus alimentos e a prestar atenção nas reações do meu corpo. Descobri que sou intolerante à lactose, coisa bem comum aliás, e passei a evitar alimentos com lactose. Isso já fez uma diferença enorme em minha vida!!!

Mas eu ainda tinha minhas crises de enxaqueca. Poucas e mais brandas, mas ainda as tinha. E eu continuava a lutar com meu intestino.

Foi quando conheci o Flávio Passos que resolvi diminuir os carboidratos da minha alimentação. Cortei o pãozinho diário e a farinha branca. Experimentei fazer uma dieta sem glúten por 30 dias, para sentir os efeitos. Não sou celíaca, não tenho intolerância ao glúten, mas descobri que com uma dieta de baixos carboidratos, priorizando uma alimentação mais natural, orgânica, e diminuindo tudo que é muito processado, industrializado, meus problemas foram resolvidos. Eu finalmente me vi livre da enxaqueca. Parece milagre mas nunca mais tive dores de cabeça. Sabe o que é isso? Uma vida inteira com dores às vezes insuportáveis, e de repente nada? Nenhuma dorzinha sequer? Foi a maior conquista da minha vida, acreditem! Minha vida mudou por completo!

E com isso, minha digestão também melhorou da água pro vinho!

Nunca mais passei pelo desconforto de ficar 2, 3 dias com prisão de ventre!

Então agora sim posso dizer que a comida me traz felicidade!

Me sinto leve, equilibrada e com muito, muito mais disposição!

Aproveitei também para experimentar uma dieta low carb, queria dar uma “secadinha”. Não tinha tanto peso a perder mas, aos 49 anos já não é tão fácil emagrecer. E foi muito tranquilo. Em 30 dias perdi até mais do que precisava.

Hoje faço minha caminhada diária, todos os dias pois também aproveito para passear com meus cachorros! E tenho meu ritual matinal com uma série de exercícios para tonificação muscular e alongamento. E estou muito satisfeita e feliz.

Agora estou começando a praticar o jejum intermitente. Não para perder peso, mas porque realmente faz bem ao nosso organismo. Permite uma limpeza, um processo de desintoxicação natural e regeneração, super importantes.

Isso não quer dizer que eu não cometa deslizes. Uma coisa que sempre foi minha perdição são os doces! Sou do tipo formiga, sabe? Sempre fui, desde criança! Mas minha compulsão por doces já diminuiu bastante e hoje me satisfaço com doces mais naturais, sem açúcar refinado, etc. Não consumo nenhum tipo de adoçante, esses eu prefiro não incluir em minha dieta. Se for para adoçar algo, uso o açúcar das frutas, ou então uso o mel. Uma questão de gosto e opção.

Continuo estudando e pesquisando. A gente nunca aprendeu o bastante, sempre existe algo mais a conhecer. Mas agora tenho outro objetivo: quero compartilhar minha experiência e minhas conquistas. Ajudar o maior número possível de pessoas a encontrar o seu equilíbrio, a sua saúde, a sua alimentação ideal. Porque cada indivíduo é diferente e a dieta deve seguir essa individualidade. Os conceitos básicas de uma alimentação saudável estão ai, mas cada um pode ajustar ao próprio organismo. Eu achei meu equilíbrio e quero que você ache o seu também. E é para isso que venho trabalhando agora.

Minha intolerância à lactose

O que você come determina a sua saúde

Detox Lovers

PÁRE E PENSE

Você realmente leva uma vida saudável?

No mundo de hoje, com tantos produtos industrializados, nossa alimentação não é saudável. Coloque alimentos muito processados na sua mesa e tenha certeza que aquela alimentação não está sendo saudável.

A falta de tempo nos empurra para atalhos alimentares que nem sempre, ou quase nunca, são o melhor a fazer. Muitos químicos, conservantes, corantes, estabilizantes... e tantos outros!

Claro que não precisamos virar neuróticos da saúde! Mas cuidar da melhor maneira possível, dentro dos nossos limites de tempo e tudo mais, deve ser uma constante em nossas vidas.

Outro dia ouvi em uma palestra:

“Você abastece seu carro com um combustível de má qualidade? Então porque abastecer o seu corpo com alimentos de baixa qualidade? O carro você troca mas e o seu corpo? Não tem troca!” Oops...

Eu acredito muito nisso: o que você come determina a sua saúde.

A idéia deste blog não é falar de dietas de emagrecimento milagrosas e sim compartilhar informações valiosas sobre saúde e dicas alimentares que melhorem a nossa vida. Emagrecer é consequencia de uma boa alimentação e hábitos de vida saudáveis.